Sindratar apresenta case de sucesso na plenária de executivos na Fiesp

24 Oct 2017

No dia 17 de outubro aconteceu a 4ª Reunião Plenária de Executivos de Sindicatos, no auditório da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). O Presidente do SINDRATAR, Carlos Trombini, apresentou o Business Canvas, uma ferramenta que permite diagnosticar aquilo que o Sindicato oferece, como é oferecido e como é aceito. Para melhorar a relação com os associados foi criado o projeto “Pé na Estrada”, que visita empresas associadas, independentemente do tamanho ou de sua participação no mercado.

 

Como ocorre tradicionalmente os trabalhos  da Plenária foram conduzidos pelo diretor titular do Departamento Sindical (Desin) e Central de Serviços (Cser), Paulo Henrique Shoueri. Um dos primeiros temas abordados foi a criação do Museu da Indústria. Marcelo Morgado, do Conselho Superior do Meio Ambiente (Cosema) apresentou a proposta. “Será um museu que realmente conte a história da indústria através dos maquinários, dos instrumentos, dos moldes, de uma forma bem didática, bem interativa”.

 

Jorge Khauaja, gerente do Departamento Jurídico (Dejur), atualizou os assuntos legislativos e tributários e explicou a nova visão tributária e fiscal que os Sindicatos precisam ter. “Eu acho que os Sindicatos têm como missão, a partir de agora,  tentar se adaptar às novas necessidades, às novas alternativas de associativismo e manter os atuais associados.”

 

Assessora do Jurídico Estratégico, Alessandra Nascimento da Mota, apresentou dois projetos estaduais: Programa de Estímulo à Conformidade Tributária (Compliance de fornecedores) e Estabelecimento de Termos e Condições para a compensação de créditos em precatórios com débitos tributados ou de outra natureza inseridos na dívida ativa.

 

O convênio firmado entre Cser e SENAI foi apresentado por Celso Tadorba. Com a parceria, as empresas beneficiárias e/ou associadas terão descontos de 15% nos cursos de qualificação, aperfeiçoamento, cursos de curta duração ou tecnológicos ofertados pelas 91 escolas do SENAI, além de promover o associativismo de empresas junto com os Sindicatos.

 

Anicia Pio, gerente do Departamento de Meio Ambiente (DMA), esclareceu dúvidas sobre as àreas contaminadas fiscalizadas pela CETESB, que até então tinha priorizado os postos de combustíveis. Agora, em um segundo momento o órgão terá como foco o setor industrial, estabelecendo procedimentos para que a industrial faça essas verificações, que ocorrerão em duas etapas: investigação preliminar e investigação confirmatória.

 

Guilherme Moreira, gerente do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos (Depecon), apresentou o resultado de uma pesquisa realizada em setembro, com 500 empresas, para conhecer como funciona o relacionamento entre associados e Sindicatos, além da atuação destes. Entre os associados, 75,6% não receberam nenhuma visita da entidade patronal pelo menos nos últimos dois meses, demonstrando que a política adotada pelo Sindratar é uma ótima alternativa.

 

Finalizando a Plenária, a gerente do Desin, Daniele Azevedo de Souza, apresentou o Panorama das Negociações Coletivas, além de fazer uma atualização dos assuntos que estão em andamento no Departamento e convidar a todos os presentes para participar da reunião mensal do Desin.

 

A reunião foi encerrada e todos convidados para o happy no 16º andar, realizado em parceria entre a CSer e o SIPATESP (Sindicato da Indústria de Perfumaria e Artigos de Toucador).

Compartilhe no Facebook
Compartilhe noTwitter
Please reload

Posts Em Destaque

Reunião do Grupo de Estudos de Temas Sindicais

February 6, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo